top of page
  • Foto do escritorCarolina Martins Vieira

A poluição atmosférica e o risco de câncer de pulmão

A incidência e a mortalidade por câncer de pulmão estão diretamente relacionadas com o aumento da concentração de poluentes no ar


A maior parte da população mundial reside em áreas cujo nível de poluição no ar excede aqueles recomendados pela OMS. Para conversar sobre os riscos associados à poluição atmosférica e câncer, convido a Dra. Theara Fagundes, médica do Grupo Oncoclínicas:


Os maiores poluentes atmosféricos são emitidos de forma ampla, como resultado da queima de combustíveis fósseis e de biomassa, e correspondem aos poluentes gasosos como dióxido sulfúrico, dióxido de nitrogênio, monóxido de carbono , componentes voláteis orgânicos e partículas aerossóis carbonadas, como fuligem.


Os principais emissores são: indústria, geração de energia, transporte, combustão doméstica e incêndios florestais. A incidência e a mortalidade por câncer de pulmão estão diretamente relacionadas com o aumento da concentração no ar desses poluentes.


Embora o tabagismo seja o principal causador da maioria dos cânceres de pulmão, um número substancial de cânceres de pulmão são observados em pessoas que nunca fumaram. Com base em evidências de estudos e experiências em animais, desde 2013 a Agência Internacional de Pesquisa em Câncer (IARC) considera a poluição ambiental como agente cancerígeno grupo 1 para câncer de pulmão (ou seja, com forte associação).


No mundo todo, estima-se que poluição ambiental contribua para cerca de 265.267 mortes por câncer de pulmão em (dados de 2017), o que corresponde a cerca de 14 % das mortes por câncer de pulmão, ficando atrás apenas de mortes associadas ao cigarro (responsáveis por 63,2% dos óbitos).


Há necessidade urgente de mudanças em políticas públicas visando a redução da poluição atmosférica, pois esta age de forma disseminada, afetando a saúde humana, inclusive no desenvolvimento de cânceres. Além disso, é também necessária a adoção de comportamentos mais ecológicos a nível individual.


Tem alguma dúvida ou gostaria de sugerir um tema? Escreva pra mim: carolinavieiraoncologista@gmail.com

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page