top of page
  • Foto do escritorCarolina Martins Vieira

Dezembro Laranja: por que proteger a pele é tão importante?

O câncer de pele pode ser uma doença grave, mas também é uma das mais "preveníveis"



De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia, o câncer de pele responde por 33% de todos os diagnósticos desta doença no Brasil, sendo que o Instituto Nacional do Câncer (INCA) registra, a cada ano, cerca de 185 mil novos casos. O tipo mais comum, o câncer de pele não melanoma, tem letalidade baixa, porém seus números são muito altos.

Para conscientizar a respeito, convidei a doutora Mariana Picoli Diniz, dermatologista da clínica Eveline Bartels.


"Como dermatologista, é meu dever alertar a população sobre os perigos do câncer de pele e incentivar sua prevenção. E este mês, durante o Dezembro Laranja, é a oportunidade perfeita para lembrar a todos da importância de proteger a pele.


O câncer de pele é o câncer mais comum no mundo, e a principal causa é o excesso de exposição ao sol e à radiação ultravioleta. No entanto, muitas pessoas ainda subestimam os riscos e não tomam medidas de proteção adequadas.

Para se proteger do câncer de pele, é fundamental usar protetor solar diariamente, mesmo em dias nublados ou quando você não está na praia. É importante escolher um produto com fator de proteção solar alto (acima de 30) e reaplicar a cada três ou quatro horas, ou sempre que suar ou molhar. Além disso, evite ficar exposto ao sol das 10h às 16h, quando os raios UV são mais intensos, e use roupas que protejam a pele do sol, como chapéus, camisetas e óculos de sol.

Também é importante se atentar aos sinais do câncer de pele. Alguns sinais comuns incluem pintas novas na pele, feridas que não cicatrizam, e mudanças no tamanho, forma ou cor de uma lesão já existente na pele. Se você observar algum desses sinais, é importante que procure um dermatologista o mais rápido possível.


Também é importante se atentar aos sinais do câncer de pele. Alguns sinais comuns incluem pintas novas na pele, feridas que não cicatrizam, e mudanças no tamanho, forma ou cor de uma lesão já existente na pele. Se você observar algum desses sinais, é importante que procure um dermatologista o mais rápido possível.

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page