top of page
  • Foto do escritorCarolina Martins Vieira

Papel da drenagem linfática para pacientes oncológicos


O câncer e seus tratamentos podem levar a modificações corporais, resultando em impacto negativo na auto-estima dos/das pacientes. Para conversar a respeito, convidei as esteticistas Priscilla Almeida e Priscila Carvalho.

  1. Como os tratamentos médicos podem alterar a constituição corporal?

Antes de entender sobre a alteração da constituição corporal mediante tratamentos médicos, é de extrema importância que se entenda sobre o sistema linfático que é um dos mais afetados nos tratamentos.


O sistema linfático é composto por um conjunto de vasos por onde a linfa, um líquido que contém glóbulos brancos, percorre. Juntos, eles são responsáveis por coletar e eliminar as impurezas do sangue e estimulam o sistema imune a combater ameaças.

Muitos tratamentos médicos, além da obesidade, podem alterar a constituição corporal. A análise principal é feita através de um exame clínico, onde observamos um grande aumento do linfedema (acúmulo de linfa nos tecidos que resulta em um inchaço).

Muitas medicações podem afetar diretamente o nosso sistema linfático e podem ocasionar o aumento da perda da autoestima, a mudança da coloração da pele, metabolismo lento e também a piora do funcionamento do trato gastro intestinal.


2- No que consiste o procedimento de drenagem linfática e quais as indicações para pacientes oncológicos?


Ao contrário do que muitos pensam, a drenagem linfática vai muito além de um tratamento estético para a melhora da disfunção corporal. O sistema linfático consiste em um conjunto de órgãos, vasos, tecidos e ductos que se dividem por todo o corpo. O Sistema Linfático tem como principal função produzir células de defesas para nosso organismo, além de filtrar e drenar o excesso de líquido do corpo, eliminando impurezas e "devolvendo" o sangue purificado para o nosso organismo.


A Drenagem Linfática é um método de massagem manual, com movimentos suaves e com pouca pressão, que segue a anatomia do sistema linfático, melhorando as suas funções. Em pacientes oncológicos a drenagem é indicada para melhorar o desconforto gerado pelos edemas e linfedemas. Diferente do que muitos pensam, quando realizada por profissionais habilitados, essa técnica é segura e pode ser avaliada em qualquer estágio de tratamento.


3- Quais são as contra-indicações para este tipo de procedimento e quais os cuidados devem ser tomados?

Em pacientes oncológicos, as contra-indicações são para aqueles que tenham algum tipo de infecção, distúrbios venosos agudos, como trombose, ou ruptura da pele, como cortes, machucados e afins. É de extrema importância que antes de dar início ao tratamento, ter a liberação médica em qualquer caso.


4- Como ocorre a formação de uma esteticista e como ela pode contribuir para elevar a auto-estima destes/destas pacientes?


A Estética, também chamada de Filosofia da Arte, é uma das áreas de conhecimento da filosofia. Tem sua origem na palavra grega aisthesis, que significa "apreensão pelos sentidos", "percepção". É uma forma de conhecer (apreender) o mundo através dos cinco sentidos (visão, audição, paladar, olfato e tato). A formação de uma esteticista consiste em uma graduação onde nós profissionais vivenciamos a teoria e a prática de toda composição corporal e facial. Trabalhamos com o objetivo de melhorar e devolver a auto estima das pessoas, principalmente daquelas que passam por algum tratamento que modifica a composição corporal. Nós ensinamos e ajudamos as pessoas a praticarem o autocuidado, a revolução do autoamor.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page