top of page
  • Foto do escritorCarolina Martins Vieira

Toxicidade financeira: o que é e como reflete nos pacientes oncológicos?

Dificuldades financeiras podem aumentar angústia psicológica, especialmente entre pessoas que já possuem um potencial risco de desequlíbrios emocionais


Os pacientes com câncer, embora usualmente não arquem com os custos diretos dos tratamentos oncológicos (cobertos pelo SUS), podem apresentar toxicidade financeira relacionada à doença.


Esses cidadãos sofrem perda de produtividade no trabalho, o que pode incluir uma redução em sua carga horária, dias perdidos, ou até mesmo a perda do trabalho devido aos problemas de saúde. A perda de emprego limita o acesso a benefícios, incluindo seguro de saúde, o que pode aumentar ainda mais os custos de assistência médica relacionados ao câncer.


A toxicidade financeira descreve não apenas o impacto financeiro mensurável, mas também o estresse pessoal e a preocupação financeira vivenciada por pacientes e suas famílias.


Torna-se um ciclo em que as dificuldades financeiras podem levar a um aumento da angústia psicológica, especialmente entre pacientes oncológicos que já possuem um potencial risco de angústia emocional significativa, ansiedade e depressão.


Pacientes economicamente desfavorecidos enfrentam as barreiras ao acesso à saúde/tratamento com sacrifícios econômicos pessoais e de seus familiares, ou até mesmo desistindo de procurar cuidados oncológicos.


Medo, desconfiança e outras barreiras emocionais também podem impactar em pior acesso aos tratamentos, sendo imprescindível a atuação de uma equipe multidisciplinar, com apoio também na atenção primária (equipes dos centros de saúde).


As doenças não acontecem somente por acaso, sendo também influenciadas pela estrutura social, política e econômica em que vivemos. Desigualdade social em saúde se refere à falta de equidade na distribuição da doença.


Desta forma, fazem-se necessárias políticas de saúde pública que estejam alinhadas com políticas econômicas que visam redução desta desigualdade social. Neste ponto, o posicionamento da sociedade junto aos políticos e gestores de saúde torna-se muito importante.


Tem alguma dúvida ou gostaria de sugerir um tema? Escreva pra mim: carolinavieiraoncologista@gmail.com

18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page